penthouse CHIEN

A arte milenar chinesa que visa harmonizar o homem com o seu meio, o Feng Shui, direcionou o projeto de reforma deste apartamento de cobertura horizontal, localizado no Max Haus Porto Alegre.

O próprio nome do projeto, Chien, simboliza, um tipo de casa com frente sudoeste. Assim, esta técnica foi aplicada na escolha de cores e mobiliários que correspondem às curas e necessidades que esta tipologia de casa pede.

Com estilo contemporâneo e uma pegada industrial, o projeto tem a identidade da moradora - que tem o hobby de viajar - revelada nos objetos trazidos de diversos locais, como estátuas e pinturas a nanquim. Peças decorativas em estilo étnico e a delimitação de espaços com tapetes orientais complementam a proposta multiétnica. Desenhados especialmente para o projeto, alguns móveis têm portas com treliças recortadas a laser que remetem aos muxarabis mouriscos

A paleta de cores é neutra e vai do branco ao preto, com predominância do cinza, vista também nas estruturas de concreto deixada aparente no teto e parede do estar, próprias do padrão Max Haus. Toques de verde integram o ambiente interno à exuberante natureza exterior, com vista para uma área de preservação ambiental permanente. Pinturas do estilo provençal e patinada trazem texturas de branco, com apelo estético, praticidade e funcionalidade, uma vez que não se prende às exigências de manutenção do branco puro. Já o preto se faz presente nos móveis de madeira ebanizada, técnica de pintura antiga que deixa os veios aparentes.

O retrofit inclui o hall de entrada, living e jantar, bem como ampliação da área externa, que recebeu uma churrasqueira.

contato@studiofernandabasso.com
@studiofernandabasso         
  • Instagram